JAY-Z vende metade de sua linha de champagne em fusão com a Moët Hennessy

COMPARTILHE AGORA!

InícioDestaquesJAY-Z vende metade de sua linha de champagne em fusão com a Moët Hennessy
- Publicidade -

JAY-Z continua ganhando. Na segunda-feira (22 de fevereiro), o The New York Times divulgou a história de outro negócio valioso para Hova e a LVMH. Jay está vendendo 50% de sua empresa Armand de Brignac, que mantém sua lucrativa linha de champanhe Ace of Spades, para a gigante de produtos de luxo.

“Sempre buscamos desenvolver essa marca e isso aconteceu com muita naturalidade”, disse o empresário de 51 anos sobre a parceria. “Só a ideia desta parceria é um sinal para uma forma mais diversificada de ver as coisas.”

O negócio com Moët Hennessy se concretizou com a força do relacionamento de Jay com Alexandre Arnault, de 28 anos, terceiro filho do pai CEO Bernard. Os três almoçaram juntos na propriedade de Hov na Califórnia em outubro de 2019 e o resto é história.

- Publicidade -

“Vou mandar para ele uma foto de algo que está acontecendo comigo ou ele vai me mandar uma foto”, disse Jay sobre Alexandre. “É super natural, super chill. Eu o vejo como uma pessoa de alta integridade. Sempre cumpre sua palavra, muito pontual. Estas são algumas das qualidades que eu mesmo tenho.”

A Forbes estimou que a Armand de Brignac tinha uma avaliação de $ 310 milhões em 2019, o que é um pouco menos do meio bilhão que Hov se gabou em seu verso em “What’s Free” de Meek Mill.

Carter se juntou à CNBC na manhã de segunda-feira (22 de fevereiro) para detalhar por que a parceria fazia sentido para sua marca.

“Quando construímos produtos de luxo, seja da Roc Nation ao Monogram, estamos construindo produtos de luxo”, afirmou. “Moët Hennessy faz isso da mesma maneira. Estávamos alinhados em nossos pensamentos com integridade e paixão pelas coisas que construímos.”

- Publicidade -

COMPARTILHE AGORA!

Html code here! Replace this with any non empty raw html code and that's it.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS