“Uma Família da Pesada” não irá mais fazer piadas com gays

40
Uma Família da Pesada

Uma Família da Pesada está no ar desde 1999 e está agora em sua décima sétima temporada. Depois de todo esse tempo, não mudou muita coisa sobre o programa, mas agora os produtores executivos, Alec Sulkin e Rich Appel, estão dizendo que se sentem desconfortáveis ​​em defender alguns dos velhos hábitos do programa. 

Em entrevista à TV Line, os dois conversaram sobre a inclusão de um episódio que ridiculariza Donald Trump (uma postura política mais explícita do que o programa teve no passado) e também a decisão de parar de fazer piadas às custas dos gays. Sulkin explicou que o clima se afastou dessas piadas (ou, em outras palavras, Kevin Hart foi expulso de um emprego como anfitrião do Oscar): “Se você olhar para um show de 2005 ou 2006 e colocá-lo lado a lado com um mostra a partir de 2018 ou 2019, eles vão ter algumas diferenças. Algumas das coisas que nos sentimos confortáveis ​​dizendo e brincando na época, agora entendemos não é aceitável”.

Appel tinha uma visão semelhante, mas mais aprofundada, embora ele também não tenha abordado o fato de fazer essas piadas em primeiro lugar:

se um show está literalmente no ar há 20 anos, a cultura muda. E não somos nós reagindo e pensando: ‘Eles não nos deixam [dizer certas coisas]’. Não, nós mudamos também. O clima é diferente, a cultura é diferente e nossas visões são diferentes. Eles foram moldados pela realidade ao nosso redor, então eu acho que o show tem que mudar e evoluir de várias maneiras diferentes.

VEJA EM MAIS NOTÍCIAS: 6ix9ine está fazendo música na prisão