Kanye West se declara anti-vacina, anti-aborto e a favor do ensino religioso nas escolas

COMPARTILHE AGORA!

- Publicidade -

Em uma recente entrevista à Forbes, Kanye West falou sobre a posição que irá defender durante a sua tentativa de se candidatar à presidência dos Estados Unidos. O rapper, se revelou um grande crítico da vacina contra Coronavírus, aborto e prometeu trazer de volta o ensino religioso nas instituições de ensino.

Durante a entrevista, Kanye contou que não acredita na vacina porque ela é “a marca da besta”, fazendo uma clara referência religiosa ao demônio. “Muitas crianças estão sendo vacinadas e paralisadas. Então, quando dizem que a maneira como vamos consertar as coisas é com uma vacina, sou extremamente cauteloso. Essa é a marca da besta”, disse o rapper.

O empresário também disse que a vacina é uma das formas de impedir que as pessoas cheguem até Deus. “Eles querem colocar batatas fritas dentro de nós, querem fazer todo tipo de coisa para chegar onde não podemos atravessar os portões do céu”, concluiu Kanye.

- Publicidade -

O dono da Yeezy também comentou durante a entrevista que pretende trazer de volta às escolas o ensino religioso, estabelecendo “o medo e o amor de Deus em todas as escolas e organizações”.  Kanye também se declarou como uma pessoa pró-vida, contra penas de morte e abortos.

Quando questionado sobre a sua relação com o presidente Donald Trump, Kanye West revelou que votou nele pois ele foi “o presidente mais próximo que tivemos em anos a permitir que Deus faça arte da conversa”.

West perdeu o prazo para comparecer às urnas em vários estados, mas argumentou que poderia ser adicionado como retardatário devido ao coronavírus. Leia a entrevista completa no portal The Guardian.

- Publicidade -

COMPARTILHE AGORA!

Simony Maiahttps://www.thehypestuff.com/
Estudante de jornalismo. Apaixonada pela cultura urbana e fotografia.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS