Rede McDonald’s se desculpa após restaurante chinês barrar negros no local

COMPARTILHE AGORA!

InícioLifestyleRede McDonald's se desculpa após restaurante chinês barrar negros no local
- Publicidade -

Um McDonald’s em Guangzhou, na China, foi temporariamente fechado após exibir uma placa dizendo que negros eram proibidos de entrar no restaurante.

“Fomos informados de que a partir de agora os negros não podem entrar no restaurante”, dizia a placa. “Para o bem da sua saúde, notifique conscientemente a polícia local para isolamento médico, por favor, entenda os inconvenientes causados.”

- Publicidade -

Desde então, o McDonald’s pediu desculpas, dizendo que “não era representativo de nossos valores inclusivos”.

O sinal racista chega em um momento em que a BBC relata que centenas de africanos em Guangzhou foram despejados de seus apartamentos e removidos de hotéis na semana passada, por conta de um boato de que o coronavírus estava sendo espalhado entre os africanos. Apenas cinco nigerianos testaram positivo para o vírus.

O McDonald’s disse que, enquanto o local de Guangzhou estiver fechado, a empresa usará esse tempo para “educar ainda mais os gerentes e funcionários sobre nossos valores, o que inclui atender a todos os membros das comunidades em que operamos”.

Dada a recente hostilidade crescente contra os africanos na cidade, o Consulado Geral dos EUA na China teria aconselhado os afro-americanos a “evitar a área metropolitana de Guangzhou até novo aviso”.

- Publicidade -

COMPARTILHE AGORA!

Html code here! Replace this with any non empty raw html code and that's it.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS