Estrela do YouTube, rapper Mussoumano assume alter ego e lança seu álbum de estreia

COMPARTILHE AGORA!

Quem vê dez anos de carreira, um bilhão de visualizações no YouTube e colaborações com uma extensa lista de artistas celebridades pensa que Mussoumano encontrou, nos vídeos de internet, sua totalidade como artista. Muito além do personagem que aparece nas telas, entretanto, o catarinense assume uma outra faceta no seu álbum de estreia, “Dupla Personalidade”. O disco conta 12 faixas e está disponível a partir desta sexta-feira (13) em todas as plataformas digitais.

Por mais que um dos destaques de seu trabalho seja, justamente, batalhas de rimas com outros famosos, Mussa viu em “Dupla Personalidade” a chance de trabalhar com maior coesão um repertório autoral e com uma veia cômica um pouco distinta da que levou-o ao reconhecimento mundial.

A dupla personalidade de Mussa — como também é chamado — ainda tem traços comuns com o youtuber, e um deles é a polêmica. Embalado por beats pesados e traços de rapcore — com um humor que mais saudosos podem definir como um misto de Eminem e Raimundos — o artista já abre o álbum com a ‘pedrada’ “Eu Sei Tanto Podre”, onde não poupa denúncias às falsas aparências do mundo virtual. A língua afiada do catarinense de 30 anos não para por aí, e há críticas ao Presidente da República e aos artistas que trocam sua autenticidade pelo manual do sucesso. “Apesar do tom cômico, o conteúdo do álbum é sério e bem visceral”, destaca Mussoumano, que se inspirou na estética do hip hop atual e do boombap clássico.

Vindo de uma época onde influencer não existia, Mussoumano sempre agiu sem media training por trás de suas ações, e não há sucesso que o faça renunciar a essa postura. “A independência intelectual e financeira me deu liberdade, conhecimento e maturidade para atingir meus objetivos. Em resumo, a carreira de youtuber me fez não esperar por ninguém, me fez pôr a mão na massa”, completa.

Ainda que em seu canal haja mais de 300 vídeos, há muito de Mussa — ou Hudson Martins, seu nome de batismo — a ser conhecido. O lado cômico transpõe personas, porém, mais do que nunca, é a hora de conhecer melhor o músico que traz batidas pesadas e letras bem incisivas — mas com sutileza tão calculada que muitos cantarão seus versos sem notar que, de fato, são o alvo da crítica.

COMPARTILHE AGORA!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS