Ex-empresário de 6IX9INE é condenado a 15 anos de prisão

6IX9INE

O ex-empresário de 6ix9ine, Kifano “Shotti” Jordan, foi condenado a 15 anos de prisão. De acordo com o site Complex, o homem de 37 anos foi sentenciado na sexta-feira no Thurgood Marshall Courthouse, em Manhattan.

Jordan, um membro de alto escalão do infame Nine Trey Gangsta Bloods, foi uma das figuras mais proeminentes no caso de 6ix9ine. Ele se tornou uma sensação nas mídias sociais e ajudou a popularizar a palavra “Treyway”.

Publicidade

Em março, ele se declarou culpado de crimes de armas de fogo em conexão com vários crimes cometidos ao lado de 6ix9ine e outros membros do Nine Trey Bloods. Ele foi acusado de usar e possuir uma arma de fogo em defesa de um crime.

6ix9ine, que está preso desde novembro sob acusações federais de extorsão, deve testemunhar sobre o seqüestro e agressão a que ele alega ter sido vítima em 2018. Em troca da cooperação com os federais, ele pode ser liberado mais cedo.

VEJA EM MAIS NOTÍCIAS: Derek faz harmonização facial, veja