Kehlani removerá verso de Tory Lanez em faixa da versão deluxe do álbum ‘It Was Good Until It Wasn’t’

COMPARTILHE AGORA!

- Publicidade -

As últimas semanas foram um mistério em torno do que aconteceu entre Megan Thee Stallion e Tory Lanez. Enquanto ainda rola a investigação do incidente, muitos preferem se abster da imagem de Tory.

Megan fez uma live em seu Instagram para comentar sobre o acontecimento e conversar com seus fãs. A rapper de “Savage” lutou contra as lágrimas, detalhando as consequências cirúrgicas de levar um tiro nos dois pés e criticou aqueles que brincavam com a situação.

“Eu tive que fazer uma cirurgia. Foi super assustador. Foi apenas a pior experiência da minha vida, e não é engraçado, não é nada para brincar. Não coloquei minhas mãos em ninguém” continuou Megan. “Eu não merecia levar um tiro. E graças a Deus que as balas não atingiram os ossos”

- Publicidade -

E nessa história, a cantora Kehlani tomou uma posição para apoiar sua amiga, onde a rapper é destaque em seu recente projeto, e Tory Lanez participa na faixa “Can I.” E apesar de sua popularidade em ‘It Was Good Until It Wasn’t’, os fãs estavam curiosos sobre a participação de Tory, se o cantor continuaria ou não na versão deluxe do álbum, mas tudo indica que Kehlani quer seguir por outro caminho, retirando o verso de Lanez da música.

“Transparência total porque acredito que, com meus seguidores, o verso dele ainda está na música”, disse Kehlani. “O verso dele ainda está na música, o vídeo é solo. novo verso no deluxe.” Indicando que poderemos ter outro artista no lugar de Tory Lanez.

Alguns fãs sugeriram outras possibilidades de artistas, entre eles Chris Brown, Brent Faiyaz e entre outros.

- Publicidade -

COMPARTILHE AGORA!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS