Migos estão sendo processados por não devolver roupas que usaram em clipe

Migos

The Blast relatou que os Migos estão sendo processados por não ter devolvido cerca de US$ 20 mil em roupas e acessórios fornecidos pelo estilista de celebridades Marcus Clark para o clipe de “Bad Intentions” de Nykee Heaton. Clark entrou com uma ação de US$ 1 milhão contra o trio em 2017 para cobrir o custo dos itens, bem como danos. Os Migos estão exigindo que o caso seja indeferido em documentos judiciais obtidos pela publicação.

Publicidade

Quavo e Takeoff foram intimados por um juiz em fevereiro para um interrogatório depois que os dois continuaram a evitar dar seus depoimentos no processo por meses.

Clark alega que fez várias tentativas para recuperar os itens, mas todas foram mal sucedidas, incluindo um momento em que o empresário de Migos mandou uma mensagem para ele, dizendo: “Isso é demais”. Em sua negação das alegações, o advogado de Migos argumentou que Clark “consentiu, de maneira explícita, implícita ou por força de lei, com os atos e omissões dos réus em relação à propriedade do sujeito, o que impede ou reduz qualquer recuperação.”, caso contrário, teria direito contra os réus “”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

BAD INTENTIONS ON SET

Uma publicação compartilhada por OFFSET (@offsetyrn) em

Clark está pedindo US$ 20 mil pelo valor de US$ 20.471 de roupas e acessórios que ele lhes deu, além de US$ 400 mil em danos gerais e US$ 600 mil adicionais em danos especiais.

VEJA EM MAIS NOTÍCIAS: Boatos relatam que namorada de Chris Brown pode estar esperando um filho